II Acampabio revela a vida na natureza para os alunos do curso de Biologia do Campus da Unemat de NX

AO VIVO E À CORES

0

Da Redação – Ezio Garcia

Uma iniciativa saudável e produtiva foi realizada pela coordenação e professores do curso de Ciências Biológicas do Campus da Unemat de Nova Xavantina neste último final de semana, entre os dias 11, 12 e 13, sexta, sábado e domingo.

O Acampabio, em sua segunda edição, levou alunos do I e II semestres do curso para um acampamento didático num paraíso ecológico situado à 29 km do centro, às margens do Córrego do Antártico e de outros riachos afluentes, na propriedade do casal de biólogos doutorados Profª Joana D’Arc Batista e Lourival de Castro.

Segundo a Profª Karina de Cássia, coordenadora da ação, a ideia´é aproximar os alunos que estão chegando à universidade ao mundo mágico das ciências naturais, já que a evasão tem sido alta nos primeiros semestres do curso.

UM MERGULHO NO MUNDO DA BIOLOGIA

Conforme explicou a coordenadora, “os dois primeiros semestres no Campus são básicos para os três cursos -Biologia, Agronomia e Engenharia Civil- então o conteúdo é mais das ciências exatas -Matemática, Física e Química-, o que faz com que muitos alunos de Biologia desistam antes de tomar contato com as matérias do curso propriamente, sua essência de estudo, que são nas áreas de botânica, pássaros, peixes, repteis, mamíferos como o morcego, insetos aquáticos, terrestres todo o tipo de vegetação e biomas, sistemas de preservação ambiental e ecológico, e demais áreas de estudos ambientais, que só começam aserem estudados no terceiro semestre em diante”.

Desta necessidade nasceu a proposta do Acampabio, que é despertar no aluno o interesse e a paixão pela Biologia já no primeiro semestre. Por isto, engana-se quem pensar que vai para o acampamento para se divertir e descansar.  É isso também, mas isto seria trinta por cento ou menos do evento, ou melhor, é isto, paralelamente com o desenvolvimento das aulas práticas de campo, num período repleto de atividades.

O Acampabio vale três pontos na matéria de Citologia, desde que haja participação do aluno em todas as atividades.

FORÇA TOTAL

Em regime quase militar, o dia começa para os alunos às  5.30 horas; às 6.00 horas em ponto café da manhã, e saída às 6.30, para as atividades, sendo duas aulas diferentes na manhã, com duração mínima de uma hora cada; duas outras á tarde, e uma à noite, com intervalos para almoço e jantar, o violão e a fogueira à noite, de praxe.

Estiveram presentes e trabalharam nas suas disciplinas na parte teórica e prática, com coleta e informações sobre o material coletado, os professores do curso de Biologia do Campus: Vitor, Diego, Joana, Bethânia, Vitinho, Francisco, Fabiano e Firmino, que se revezaram nas atividades, mantendo os alunos em aula o tempo todo, além da coordenadora Profª Karina.

A diferença e a bossa do Acampabio é que tudo acontece num paraíso ecológico, com direito à  banhos naturais, momentos de lazer, com o ar puro e sadio dos campos e das montanhas (morros), e todo o clima de liberdade e descontração próprios dos acampamentos.

RESULTADOS

“Gostei muito. Agente que não tem contato com o campo da Biologia, é muito bom. Eu gostei da Ictiologia, o estudo dos peixes, mas gosto muito de andar pelos campos. Gostei muito” disse Andressa aluna do segundo semestre.

“Gostei do que os professores nos passaram, da parte prática do estudo dos peixes, morcegos, pássaros. Agente aprende bastante. Não foi só diversão ou distração. Agente acordava cedo e dormia tarde, foi puxado, mas foi bom, agradeço aos professores que nos passaram esta experiência.É um mundo amplo, gostei muito dos insetos aquáticos” disse Ludmila, aluna do primeiro semestre.

Estão de parabéns todos os envolvidos. E que este evento se repita por muitos e muitos e muitos anos.

(anexando fotos…aguarde)

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here