Força Tarefa de NX vistoria garimpo ilegal no Córrego do Antártico; responsáveis não foram encontrados

BLITZ

0

Da Redação – Ezio Garcia

Uma força tarefa de Nova Xavantina composta por representantes do Ministério Público local, das Polícias Civil e Militar, da Prefeitura Municipal e do projeto ambiental Rio Limpo Rio Lindo,  estiveram na tarde desta quarta feira, 14,  na Fazenda Boa Esperança, do Sr. Dedé Baiano, onde estão instalados equipamentos para garimpo de diamante no Córrego do Antártico, o maior afluente do Rio das Mortes no perímetro de Nova Xavantina.

Os responsáveis pelos equipamentos e pelas atividades garimpeiras não foram encontrados, o local estava vazio. Os equipamentos pertencem à Mineradora Gema do Brasil, cujo representante,  Sr. José Francisco Pires, é portador das licenças prévia e de instalação para atividade garimpeira no local, faltando a licença de operação para entrar em atividade, sem a qual e com a respectiva realização da Audiência Pública, a atividade é irregular, segundo o Ministério Público.

A vistoria se deu em razão da publicação de um vídeo nas redes sociais gravado por uma moradora no último domingo, 11, que mostra garimpeiros em atividade em torno de uma balsa no leito do Córrego.

A força tarefa foi composta pelo Promotor de Justiça da Comarca de Nova Xavantina, Dr. Welinton Petroline; pelo delegado de polícia civil, agentes policiais e comandante da polícia militar locais, Dr. Raphael Diniz Garcia e agentes Elias Bueno/Osmar Gama e pelo Tenente Couto; pelo Secretário Municipal de Turismo, Meio Ambiente e Agricultura Familiar, Edivaldo Celestino Barbosa, o Dizé, e pelo coordenador da associação ambiental Projeto Rio Limpo, Rio Lindo, vereador Valteri Araújo.

DEZ POR CENTO

Segundo o Secretário Dizé, o  Promotor de Justiça fotografou todos os equipamentos e colheu depoimento do Sr. Dedé Baiano, que disse que o concessionário prometeu dar 10% de toda a produção para os respectivos  proprietários das chácaras beira rio, sendo que apenas um morador não concordou com a instalação do garimpo, o policial civil Lusney Negreiros.

Perguntado pelo Promotor, como eles saberiam que estariam recebendo  a porcentagem da produção real sem serem enganados, o morador responder que “temos que acreditar né?”.

Segundo o delegado de polícia civil, Dr. Raphael Diniz Garcia, também foi encontrado lixo urbano no ponto de instalação dos equipamentos, como pneus, banco de ônibus, garrafas pete, latas de tinta e outros detritos.

Dr. Welinton Petroline deixou notificado Sr. Dedé Baiano para que o concessionário se dirija ao Ministério Público assim que retornar à Nova Xavantina. Segundo Sr. Dedé, os homens que estavam trabalhando viajaram na véspera, devido um deles estar “com o pé machucado”.

Policiais acreditam que houve uma evasão assim que desconfiaram da visita da força tarefa. Agora eles são aguardados no Ministério Público local.

Veja fotos da vistoria feita na tarde desta quarta feira, 14:

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here