Termina dia 31 prazo para quitar o IPTU com 35% desconto; nova lei vai normatizar isenção dos idosos

MÃOS À OBRA

0

Da Redação – Ezio Garcia

Termina dia 31 de maio próximo o prazo concedido pelo Poder Executivo Municipal de Nova Xavantina para o pagamento do IPTU -(Imposto Predial e Territorial Urbano) com 35% de desconto. Após a data, o pagamento poderá ser parcelado em número de vezes que não ultrapasse o mês de dezembro do corrente ano, para a operação ficar dentro do ano em exercício.

O prefeito João Batista Vaz da Silva, o Cebola, intensificou a campanha de arrecadação do imposto nos últimos dias, pela mídia e nas redes sociais, lembrando que é com este dinheiro que tem feito obras de pavimentação asfáltica nos bairros (atualmente está sendo asfaltado o bairro Deus é Amor com estes recursos), iluminação nova e moderna em ruas e avenidas, além de manter funcionando os serviços públicos essenciais.

URBANIZAÇÃO

O trabalho vem sendo reconhecido e elogiado por todos os quem visitam a cidade, e também pela população, que reconhece os novos rumos que o município tomou graças à este novo aspecto de sua urbanização, com ruas limpas, asfaltadas e iluminadas, o que remete a uma imagem positiva de Nova Xavantina para fora de suas fronteiras, atraindo  o turismo e investimentos.

“Prometo devolver cada centavo recebido em obras para a população” tem repetido o prefeito.

IDOSOS

A questão da isenção dos idosos, que até o corrente ano eram beneficiados por um lei legislativa de autoria do ex-vereador João Bosco do Nascimento, ratificada posteriormente na gestão do ex-prefeito Gercino Caetano Rosa; está sendo revista.

Segundo o prefeito, a lei era inconstitucional, pois a poder legislativo não pode legislar sobre matéria financeira, que é competência do Poder Executivo. Diante disto, os benefícios foram suspensos este ano, até que se formule uma nova lei que regulamente a isenção.

COMISSÃO

Em entrevista concedida à Rádio Roncador FM, o prefeito informou que foi criada uma comissão para estudar esta nova lei, formada pela Procuradoria Jurídica da Prefeitura, pela Divisão de Tributos Municipal e por três vereadores -Dr. Eduardo Ribeiro da Silva, Edilson Caetano e Meire Pazeto.

Está comissão já está se reunindo para definir os pontos que vão conter a nova lei, de modo a não prejudicar quem realmente necessita da isenção, caso da imensa maioria da população idosa, que só recebe um salário mínimo de aposentadoria e tem que gastar com remédios, alimentação e manutenção da casa.

ENTREVISTA

Sobre o assunto o site Sintonia News ouviu o vereador Dr. Eduardo Ribeiro, fiseoterapeuta concursado da Prefeitura, que chefiou a Divisão de Idosos na gestão do ex-prefeito Gercino e tem o seu trabalho voltado para a área da Saúde.

A entrevista irá ao ar nesta segunda feira, 20, no programa Sintonia Roncador, que começa às 13 horas, na Rádio Roncador FM. Fique por dentro!

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here