Mutirão Fiscal arrecadou mais de R$ 1 milhão para a Prefeitura de NX; 1074 acordos foram homologados

POPULAÇÃO RESPONDEU

0

Da Redação – Ezio Garcia

Em reunião com a imprensa realizada na tarde desta segunda feira, 09, no auditório do Fórum da Comarca de Nova Xavantina, o Exmº Juíz Dr. Carlos Eduardo Moraes e Silva, a coordenadora do Cejusc – Centro Judiciário de Solução de Conflitos, Dr. Rogéria Borges, e o prefeito João Batista Vaz da Silva, o Cebola, apresentaram os números do Mutirão Fiscal no município, que durou 60 dias e se encerrou no último dia 31 de outubro.

O projeto é do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso, em parceria com as Prefeituras, e está acontecendo em todo o Estado, fruto do acúmulo de processos que tramitam na Justiça por não pagamento de impostos municipais em atraso, conforme determina o Ministério Público.

Em Nova Xavantina, o mutirão foi considerado um sucesso, pois arrecadou R$ 1.115.000,00, sendo R$ 591 mil à vista e o restante parcelado, conforme os 1074 (mil e setenta e quatro) acordos homologados pela Justiça.

POSITIVO

“Os números foram muito positivos, demonstram a confiança que a população tem na gestão” disse o prefeito Cebola, comemorando o fato de ter mais dinheiro para investir no município.

“São mil e setenta e quatro processos à menos que teremos aqui no Fórum” salientou Drª Rogéria, para quem esse era o grande objetivo, do ponto de vista da Justiça.

Já Dr. Carlos considerou que “é uma segurança que temos ao nos livrarmos destes tipos de processos, para nos preocupar com outros tipos de demanda como remédios, crimes que acontecem, ao invés de nos preocupar com execuções fiscais que podem ser resolvidos de maneira mais simples”.

Entrevistas com o Exmº Juíz Dr. Carlos Eduardo Moraes e Silva, Drª Rogéria Borges e com o prefeito João Batista Vaz da Silva, o Cebola, falando sobre os resultados do Mutirão Fiscal irão ao ar no programa Rezende Notícias desta terça feira, 10, que começa às 12 horas, na Rádio Rezende FM. Fique por dentro!

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here