Comitê municipal de enfrentamento do Covid-19 pode proibir venda de bebidas alcoólicas em NX

O BICHO VAI PEGAR

3

Da Redação – Ezio Garcia

Se a curva ascendente de casos infectados que se verifica no momento não retroceder nos próximos quinze dias, o comitê de enfrentamento do coronavírus em Nova Xavantina irá decretar a proibição de venda de bebidas alcoólicas em todo o âmbito do município.

A decisão foi tomada na noite desta quarta feira, 15, na reunião semanal do órgão que acompanha e combate a pandemia do Covid-19 em NX, que se estendeu até às 20 horas.

Fazem parte do comitê e estavam na reunião, o delegado de policia civil de NX, Dr. Raphael Diniz Garcia; Comandante da Polícia Militar local, Tenente Jeorge Fernandes; Comandante do Corpo de Bombeiros da 4ª Cia de Bombeiros Militar , Comandante Kunze; representante do Campus da Unemat-NX, Profº Joaquim Manoel; proprietário do atrativo Cachoeira da Gratidão, Ricardo, profissionais de saúde que atuam diretamente na pandemia, representante da Câmara Municipal, presidente Cezinha e imprensa; além do presidente do comitê, prefeito João Batista Vaz da Silva, o Cebola.

A decisão foi pela flexibilização da frequência em pontos turísticos, e nos cultos e missas, através de rigoroso cumprimento de protocolo de medidas preventivas que será divulgado nesta quinta feira,16, em novo decreto municipal.

AVISO

O novo decreto e a flexibilização terão validade por quinze dias, findo os quais o comitê se reunirá novamente, e caso a curva de infectados não tenha retrocedido, a proibição de venda de bebidas alcoólicas em todo o município será decretada.

“Faço aqui um pedido para todos e todas: se vocês puderem se cuidar, se proteger, para que medidas mais drásticas não venham a ser tomadas, por gentileza, não vá para aglomeração, não vá para a praia, não vá para a beira do rio, não vá fazer resenha; porque se tiver que tomar medidas mais incisivas nó vamos tomar, e eu estou sendo chancelado por todo o comitê” disse o prefeito  Cebola em entrevista à imprensa.

Na reunião, parte do comitê, principalmente ligado aos órgãos de segurança, queria que as medidas drásticas fossem tomadas de imediato, tendo em vista o atual relaxamento no cumprimento pela população das medidas protetivas que se observa nos finais de semana, com aglomerações em bares e choperias e a falta do uso de máscara.

O boletim epidemiológico do município desta quarta feira, 15, aponta para 66 casos confirmados desde o início da pandemia, sendo 33 pelo teste rápido e 33 casos confirmados pelo Lacen- Laboratório Central do Estado. Destes, 28 estão em isolamento domiciliar, 30 foram recuperados, 01 está internado no hospital municipal e houveram 07 óbitos.

As entrevistas com o Comandante Kunze, do Corpo de Bombeiros e com o prefeito Cebola, feitas após a reunião, irão ao ar no programa Rezende Notícias desta quinta feira, 16, que começa às 12 horas, na Rádio Rezendo FM.

Fique sabendo!

COMPARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Além da população ter que tomar medidas protetivas ….
    Os donos de estabelecimento deveriam ser seriamente punidos…por descumprir as regras….
    Afinal só a aglomeração nós estabelecimento pq os proprietários não fazem sua parte …
    Imagina o caos dessa cidade pequena sem emprego e com todas as portas fechadas…..?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here